logo.gif (3910 bytes)

NATUREZANATUREZANATUREZANATUREZANATUREZANATUREZA
NATUREZANATUREZANATUREZANATUREZANATUREZANATUREZA
NATUREZANATUREZANATUREZANATUREZANATUREZANATUREZA

 

MEIO AMBIENTE

Mata Atlântica
Manguezal
Restingas
Animação
Ecossistema
Canais
Home
Como chegar
Nossas Belezas
Hospedagem
Lazer
Turismo
Comércio
Imóveis
Serviços
Diversos
Prefeitura
Cartórios
Cartões Postais
Mapas de rua
O Site
Sobre
E-mail
Créditos

-
                                                             Fonte: Abril S/A Cultural e industrial, SP-1978

 

Moluscos

De todos os filos, o que apresenta características mais variadas é o dos moluscos: podem ter de alguns milímetros até vários metros; o corpo pode ser coberto por urna concha (caracóis) ou duas (ostras) ou pode ser nu (polvo); vivem desde o fundo do mar até no topo das montanhas; podem ser fixos nas rochas (ostras, mexilhões), nadar livremente (lula), se arrastar na terra (lesmas). Apesar dessas diferenças, os moluscos apresentam semelhanças essenciais. Primeiro, todos os moluscos têm corpo mole e sólido, sem qualquer esqueleto, interno ou externo;

Os músculos são en­volvidos por urna camada de tecido (parênquima). Alem disso, a parte posterior do corpo é coberta por urna membrana especial, o manto, que durante o estágio embrionário do animal segrega urna concha calcária (que contém cálcio). O manto também separa o corpo da camada que contém os 6rgãos respiratórios e os orifícios excretores.

Finalmente, a parte inferior do corpo é adaptada a locomoção: tem a forma de um "pe"' muscular, ligado a parte interna do corpo. Os moluscos possuem brânquias ou sacos pulmonares, e um coração localizado na parte posterior do corpo. O sistema circulatório é aberto, isto  é, o sangue banha diretamente os órgãos. O sangue, abundante, contém um pigmento à base de cobre que lhe dá cor azul ou verde.

  O sistema nervoso é constituído por urna cadeia de gânglios. Os órgãos sensoriais variam muito conforme a espécie de molusco:

algumas possuem apenas um órgão de tato; outras têm um número­ variável de olhos; outras ainda apresentam "ouvidos" rudimentares que podem detectar o ruído de pedrinhas raspando umas nas outras.

Os moluscos mais altamente desenvolvidos são os cefalópodes (polvo, lula), cujos olhos são tão bons quanto os olhos hu­manos.

A reprodução a sempre sexuada, muitas vezes por copulação ou acasalamento. As glândulas sexuais ficam na região dorsal do corpo, perto do coração, e algumas espécies possuem um pênis. E comum a ocorrência de hermafroditismo.

A alimentação varia conforme a espécie. Os moluscos de terra são herbívoros; Os moluscos bivalves, isto é, com duas conchas, como o marisco e o mexilhão, se alimentam de organismos microsc6picos; alguns moluscos gastrópodes, como o  búzio, se alimentam de outros moluscos; Os cefalópodes caçam crustáceos.  

VOLTAR

Copyright  Miranet Internet Provider